QUAIS SÃO AS FASES DO PROCESSO SELETIVO?

Contratações de sucesso acontecem quando se tem um RH estratégico capaz de identificar no candidato as necessidades da empresa, escolhendo os melhores para compor o time com os seus valores.

QUAIS SÃO AS FASES DO PROCESSO SELETIVO?

Contratações de sucesso acontecem quando se tem um RH estratégico capaz de identificar no candidato as necessidades da empresa, escolhendo os melhores para compor o time com os seus valores.

Com um processo de recrutamento seleção bem estruturado e planejado, ocorrera a contratação de talentos, redução de turnover e de custos de contratação, melhor aproveitamento do tempo e muitas outras vantagens.

Segundo CHIAVENATO (1999, p.107) “A seleção de pessoas funciona como uma espécie de filtro que permite que apenas algumas pessoas possam ingressar na organização: aquelas que apresentam características desejadas pela organização. [...] Em termos mais amplos, a seleção busca, dentre os vários candidatos recrutados, aqueles que são mais adequados aos cargos existentes na organização, visando manter ou aumentar a eficiência e o desempenho do pessoal, bem como a eficácia da organização. No fundo, está em jogo o capital intelectual da organização que a seleção deve preservar ou enriquecer”.

 

Principais etapas do processo seletivo:

1 – Planejamento:

É o momento de identificar e avaliar a necessidade da vaga, pesquisar detalhadamente sobre o que o líder do setor precisa e inclui-lo na maioria das etapas, pois o domínio técnico das funções executadas torna a sua opinião muito relevante.

Descrever o perfil dos candidatos e os requisitos técnicos e comportamentais.

Definir como será a vaga que esta sendo aberta; quais serão os meios de atração; como será feita a seleção; qual será o tempo médio de duração do processo.

 

2 - Distribuição:

É extremamente importante que a oportunidade seja atraente, pois o foco é atingir profissionais competentes e que estejam de encontro com os valores da empresa.

Elabore cuidadosamente o anuncio da vaga, para que seja, claro, objetivo e que tenha todas as informações importantes como: atividades exercidas, cargo, horário de trabalho, remuneração, pré-requisitos, local de trabalho, entre outros.

Escolha aonde a vaga será anunciada, como por exemplo: redes sociais da empresa, consultorias, seção trabalhe conosco, softwares de recrutamento. Avalie os custos e o tempo de resposta de todos.

Sabemos que os gestores e recrutadores não organizam e realizam um processo por vez, dependendo do porte da empresa são diversas contratações a serem concluídas. Por isso contar com a gestão por softwares ou serviços virtuais pode fazer toda a diferença durante as etapas de processos seletivos.

 

3 - Seleção:

O primeiro passo é realizar uma triagem, levando em consideração os pré-requisitos da vaga, separando os mais relevantes. Existem softwares que otimizam muito essa etapa, realizando uma triagem de forma centralizada e pratica.

Os softwares de recrutamento facilitam muito o processo, pois todas as informações e testes dos candidatos são compilados e os melhores aparecem em um sistema de ranking, o profissional de RH selecionara os perfis mais compatíveis com a organização e realizara as entrevistas analisando somente os perfis psicológicos e comportamentais.

É muito importante que a seleção tenha etapas de avaliação técnica e psicológica, pois a probabilidade de contratar o melhor candidato para vaga é maior.

O processo pode ser dividido em fases para facilitar a jornada do recrutador, como online, presenciais dinâmicas e individuais.

As seleções devem ser padronizadas, onde todos os candidatos passam pelas mesmas etapas e processos, otimizando o tempo e a justiça entre os concorrentes.

Após a realização de todas as etapas, é utilizado sistemas de indicadores e métricas para analisar todo o processo, e com todo o material obtido, é o momento de considerar o conjunto de resultados, escolher os mais adequados ao perfil e realizar as contratações.

 

4 - Feedback: 

É muito importante manter a comunicação com o candidato sobre o andamento do processo, se ele passou para a próxima fase e as orientações de como proceder, ou informando que ele não foi selecionado desta vez e dar dicas no que ele pode melhorar.

 

Com todas estas etapas postas em prática, um processo seletivo bem planejado e estruturado, com a escolha das melhores ferramentas de apoio, a chance é muito grande de contratação do candidato ideal, reduzindo assim custos de uma contratação ineficaz, que geraria demissão, novo processo de seleção, treinamento, tempo e desgaste de toda a equipe.

Demore no planejamento, mas o execute-o de forma ágil e eficiente.

Qual é a sua reação?

like
0
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0